19 de set de 2013

Acesso condicional à atividades



A função de acesso condicional é muito utilizada para controlar o acesso a uma atividade baseada na conclusão de outra, ou seja, é necessário concluir uma atividade para liberar o acesso à outra. Isso fornece ao seu curso uma linha tênue de continuidade de conteúdo.
A imagem abaixo demonstra uma URL e um questionário, onde será aplicado o acesso condicional.




Para começar, no Bloco de Administração vá em “Configurações Avançadas”.



Na página que abrir, procure pela opção de “Permitir o acesso condicional” e habilite-a, clicando na caixa de seleção. Não se esqueça de salvar as configurações.



De volta à tela do curso, vá para as configurações da atividade/recurso que deseja adicionar o requisito.



Abra a seção “Acesso restrito” e em “Condição de conclusão de atividades” selecione a atividade que servirá de requisito e mantenha “deve ser marcada como concluída”. Depois, clique em “Salvar e voltar ao curso”




A atividade agora deverá estar com a fonte de cor cinza, simbolizando que precisa de um requisito para ser acessada. O requisito é descrito logo abaixo do nome.
Assim que a atividade “Teste” for marcada como concluída, o questionário “Exame” será liberado., como mostra abaixo:



23 de ago de 2013

Moodle 2.5 - Emblemas

Os emblemas são uma das adições do Moodle versão 2.5, e são utilizadas para premiar o usuário por completar uma meta, como uma atividade, por exemplo.

Eles podem estar a nível de sistema (Emblemas do Site, relacionados à finalização de um conjunto de cursos), ou a nível de curso (Emblemas do Curso, relacionados à realização de atividades ou finalização do curso).

Emblemas a nível de curso
Emblemas a nível de sistema
Para criar um emblema, clique em "Adicionar um novo emblema". Nesse passo a passo criaremos um emblema a nível de curso, mas o procedimento é o mesmo para emblemas a nível de sistema.


Nessa página, preencha o formulário com as informações do emblema e uma imagem. Em seguida, clique em "Criar emblema".


Agora você poderá ver as informações básicas do emblema, na lista de emblemas. No entanto, ele ainda não possui critérios de aquisição e logo não está visível para os usuários.Para adicionar um critério, clique no botão indicado abaixo para acessar as configurações do emblema:


Agora, clique na aba "Critérios" e no menu drop-down escolha o tipo de critério que deseja criar. "Atribuição manual por papel" faz com que todos os usuários que tenham o papel escolhido (Moderador, professor ou gerente) ganhem automaticamente o emblema. "Conclusão do curso" concederá o emblema caso o aluno finalize o curso com uma nota mínima que pode ser personalizada. Por fim, "Conclusão de atividade" concederá o emblema caso o usuário finalize uma atividade, também com uma nota mínima personalizável. Lembre-se de que mais de um critério pode ser adicionado, e podem ser todos obrigatórios para ganhar o emblema, ou apenas um ser necessário.
Usaremos como exemplo o método de "Conclusão de atividade".


Nessa tela, selecione a atividade que deve ser concluída, e se achar necessário crie um tempo limite para conclusão. Quando terminar, clique em "Salvar".


Agora, você verá que o novo critério foi adicionado. Para liberar o emblema para os alunos, clique em "Permitir acesso", como mostra a imagem abaixo:


Nessa página, apenas confirme que deseja liberar o emblema para os usuários clicando em "Continuar".


Agora seu emblema está configurado, e assim que um aluno atingir o critério, o emblema aparecerá em seu perfil:


19 de ago de 2013

Utilização de Coortes

Uma solução muito boa para organização dos usuários de seu curso é a função de grupos, agrupamentos e coortes. Cada um será útil dependendo da organização que você precisar.
A diferença básica entre eles, está na abrangência de cada um: grupos estão a nível de curso, agrupamentos são conjuntos de cursos, e coortes estão a nível de sistema (qualquer usuário pode ser adicionado ao coorte).
Hoje, ensinaremos como criar e sincronizar coortes. Para começar, vá em Administração do Site / Usuários / Contas / Coortes.


Nessa página, você verá os coortes, caso tenha algum. Para criar um novo coorte, clique em “Acrescentar”.


No formulário que abrir, preencha com o Nome, ID, Contexto (Curso/Categoria/Sistema) e Descrição, e em seguida clique em “Salvar mudanças”. 


Novamente na lista de Coortes, você verá agora o novo Coorte que acabou de criar. Para adicionar usuários à esse Coorte, clique no ícone indicado na imagem abaixo:


Nessa página, utilize a barra de rolagem ou pesquise pelo nome os usuários que quiser adicionar ao Coorte, selecione-os e clique em “Acrescentar”.


Dessa forma, os usuários selecionados serão adicionados ao Coorte.
No entanto, caso queira inserir usuários que possuem um papel em comum dentro de um curso (estudante, professor, moderador...), há uma maneira simples de fazê-lo: utilizando a Sincronização de Coorte.
Dentro do curso que deseja fazer Sincronização de Coorte, vá em Administração do Curso / Usuários / Métodos de Inscrição.


Na página que abrir, vá na caixa de seleção “Adicionar método” e clique em “Sincronização de Coorte”.


Nessa página, selecione o Coorte no qual deseja colocar os usuários, e em seguida qual o papel dos usuários a serem acrescentados. Após isso basta clicar em “Adicionar método”.


Agora você poderá ver sua Sincronização de Coorte na lista de métodos de inscrição:


Pronto! Agora os usuários que têm o papel selecionado estão dentro do Coorte. Isso facilitará sua organização e monitoramento de usuários.

30 de jul de 2013

Importação de questões múltipla escolha

O método de importação de questões que será apresentado a seguir é funcional apenas para questões de múltipla escolha, com apenas uma alternativa correta. O formato que utilizaremos é chamado Aiken, e as suas vantagens são a facilidade de uso e rapidez na criação de perguntas.
Para começar, crie um arquivo .txt no bloco de notas ou seu editor preferido. A sintaxe utilizada requer que a pergunta seja escrita toda em uma única linha (quebra automática de linha não interfere). Também deve ser retirado o número da questão, se houver.

Certo

Errado

No final da pergunta, passe para a próxima linha e insira as alternativas, uma por linha, antecedidas por A), B), C)... (todas maiúsculas) e com um espaço entre o parênteses e a alternativa.


Após esse passo, em outra linha, digite "ANSWER:" e a alternativa correta. Não se esqueça que também há espaçamento entre os dois pontos e a letra da alternativa, como no exemplo abaixo:


Após isso, salve num lugar de preferência no formato .txt, e vá para seu questionário no Moodle. No bloco de configurações, selecione "Banco de questões" e "Importação".



Na página que abrir, selecione o formato Aiken, e a categoria "Padrão para (nome do questionário)". Depois arraste e solte o arquivo na caixa de seleção e clique em "Importar".


Nessa página você poderá revisar as questões que foram inseridas e se não houver nenhum erro, as perguntas serão importadas.


Quando for adicionar mais de uma pergunta por arquivo, deve haver uma linha de espaço entre uma questão e outra.

29 de jul de 2013

Cadastro de usuários via planilha

O cadastro manual de usuários pode se tornar um desafio de acordo com a quantidade de inscrições. Para facilitar e agilizar esse processo, é possível gerar um arquivo CSV (separado por vírgulas) que ao ser importado para a plataforma fará automaticamente o cadastro dos usuários com base nos dados que você inserir.
Para começar, abra uma tabela em branco no Excel, e crie as seguintes células padrão:


Depois, basta preencher com os dados dos usuários que deseja cadastrar, colocando na ordem: Nome de Usuário, Senha, Nome, Sobrenome, E-mail, Cidade e o nome do curso que quer inscrevê-lo (não é obrigatório).


Caso queira preencher um campo de perfil personalizado, utilize a sintaxe profile_field_(nome breve do campo). Lembre-se de que isso não funcionará para campos de caixa de seleção.
Quando terminar de inserir os dados, salve o arquivo no formato CSV (separado por vírgulas).


Após isso, em seu moodle, vá em Administração do Site > Usuários > Contas > Carregar lista de usuários.


Agora basta arrastar a planilha até a área de arquivos e clicar em carregar a lista de usuários assim que o arquivo for identificado.


Nessa nova tela, você pode revisar os usuários e alterar algumas configurações. Quando terminar as alterações, clique novamente em "Carregar lista de usuários".


Dessa forma, sua lista de alunos será carregada e os cadastros serão efetuados.

4 de jul de 2013

Entenda, o que é Moodle?

Verifique a apresentação e poste dúvidas, ideias ou frustações que já tiveram com o Moodle.

O que configurar após instalar o meu moodle?

Hoje inicio uma série de explicações sobre o que devemos nos preocupar após realizar a instalação do Moodle. Vamos começar pela Autenticação dos usuários.
Quando realizamos o login de um usuário no Moodle, ele usa um método de autenticação que deve ser configurado após a instalação. Vou mostrar aqui os métodos mais utilizados, mas, se você precisar configurar outro tipo de autenticação, poste a sua dúvida com um comentário.
Devemos realizar o login como Administrador do Moodle, pois esse é o usuário que terá permissão para realizar todas as configurações do sistema. Só para lembrar, o usuário administrador é aquele que foi escolhido após o término da instalação.
Após fazer o login, você verá um bloco com o nome de Administração. Nesse bloco vamos seguir o caminho mostrado na imagem abaixo:
Após clicar em “Gerenciar Autenticação” veremos uma tela com vários tipos se autenticação como vemos na imagem:
Por padrão o Moodle vem com as opções Contas Manuais e Nenhum Login já previamente configuradas. Esses métodos têm o seguinte significado:
Contas manuais: Esse método impede que os usuários façam o seu próprio cadastro, obrigando o administrador a cadastrá-los manualmente.
Nenhum login: Esse método impossibilita o usuário de logar no seu sistema.
Um dos métodos de autenticação mais usados é a Autenticação via correio eletrônico. Nesse método, após o usuário fazer a sua inscrição no Moodle, um e-mail é enviado para que ele autentique sua conta clicando em um link que fará a confirmação automaticamente. Para fazer a habilitação do cadastramento dos usuários devemos habilitar o autoregistro dos usuários como no exemplo abaixo:
Fazendo essa habilitação deverá aparecer o seguinte botão na sua tela de login .
Ao clicar nesse botão, o usuário irá fazer o seu cadastro e, em seguida, receberá um e-mail para fazer a confirmação dos seus dados.
Outro método usado é o Use um banco de dados externo, que permite que o Moodle busque esses usuários em outra base de dados que pode ser, por exemplo, um sistema acadêmico usado em sua instituição.
Se você irá usar esse Moodle internamente em sua instituição, você poderá fazer a autenticação Use um servidor LDAP, na qual os usuários poderão se logar com o mesmo usuário da rede local.
Existem métodos de autenticação que podem ser adicionados ao seu Moodle:
* métodos úteis como WebService; e
* métodos curiosos como se autenticar usando a conta do gmail.
Concluindo, a decisão da autenticação a ser utilizada tem de ser bem definida no início para que seus usuários sejam configurados corretamente em seu Moodle.

Criando categorias no moodle

Os cursos no moodle devem ser bem estruturados, às vezes nos preocupamos somente com a estrutura interna e acabamos mantendo vários cursos de diferentes categorias misturados, para o aluno pode não ser complicado, pois ele só verá os cursos que estão matriculados, mas para o administrador e até mesmo para o professor que leciona matérias diferentes, a página inicial acaba ficando muito confusa.
Para isso podemos estruturar nossos cursos em categorias seguindo as seguintes etapas.
1º Clicar em Cursos > Acrescentar e modificar cursos como figura abaixo:
Nesta tela poderemos criar um curso diretamente ou criar categorias e subcategorias clicando no botão “Acrescentar uma nova categoria”.
2º Clique em “Acrescentar uma nova categoria” em seguida você terá que dar um nome para ela e também pode colocar uma descrição que pode te ajudar quando tiver várias categorias.
Em seguida clique no botão “Create category” como podem ver a tradução do moodle ainda tem falhas e a cada versão nova lançada precisa do apoio da comunidade, então podemos ajudar, se você conhece alguém ou esta interessado em ajudar poste o seu comentário que mostrarei o caminho por onde podemos começar.
Voltando as categorias são bem fáceis de criar, assim teremos nossos cursos organizados facilitando a administração e a visualização.

Mais configurações para o seu Moodle

Hoje vou responder a mais duas questões de configurações, rápidas, mas muito importantes para o Moodle.
1º Como ter uma página inicial de login?
Se você deseja que os alunos vejam uma página de login antes de visualizarem os cursos, então deve marcar a opção que irá forçar o usuário a se logar. Essa opção está no seguinte caminho do bloco administração.

Após clicar em “Políticas do site” você deverá marcar a opção de ”forçar usuários a logar”. Assim a primeira página do seu moodle será a tela de login que pode ser alterada de acordo com sua preferência na pasta login do Moodle.
2º Devo deixar o acesso a visitantes liberado?
O acesso a visitantes é muito importe, pois você deixa uma porta de entrada para a sua plataforma podendo fazer um curso gratuito ou até de demonstração do seu curso pago, por padrão essa configuração já vem habilitada no moodle, mas se você deseja desabilitar basta seguir o seguinte caminho no bloco administração:
Após clicar em “Gerenciar autenticação” basta escolher a opção ocultar como mostra na figura abaixo.
Assim somente pessoas que possuem login poderão ter acesso ao seu Moodle.
Nossa próxima etapa é a construção de cursos e atividades. Espero vocês.

O que configurar após instalar o meu moodle?

Hoje inicio uma série de explicações sobre o que devemos nos preocupar após realizar a instalação do Moodle. Vamos começar pela Autenticação dos usuários.
Quando realizamos o login de um usuário no Moodle, ele usa um método de autenticação que deve ser configurado após a instalação. Vou mostrar aqui os métodos mais utilizados, mas, se você precisar configurar outro tipo de autenticação, poste a sua dúvida com um comentário.
Devemos realizar o login como Administrador do Moodle, pois esse é o usuário que terá permissão para realizar todas as configurações do sistema. Só para lembrar, o usuário administrador é aquele que foi escolhido após o término da instalação.
Após fazer o login, você verá um bloco com o nome de Administração. Nesse bloco vamos seguir o caminho mostrado na imagem abaixo:
Após clicar em “Gerenciar Autenticação” veremos uma tela com vários tipos se autenticação como vemos na imagem:
Por padrão o Moodle vem com as opções Contas Manuais e Nenhum Login já previamente configuradas. Esses métodos têm o seguinte significado:
Contas manuais: Esse método impede que os usuários façam o seu próprio cadastro, obrigando o administrador a cadastrá-los manualmente.
Nenhum login: Esse método impossibilita o usuário de logar no seu sistema.
Um dos métodos de autenticação mais usados é a Autenticação via correio eletrônico. Nesse método, após o usuário fazer a sua inscrição no Moodle, um e-mail é enviado para que ele autentique sua conta clicando em um link que fará a confirmação automaticamente. Para fazer a habilitação do cadastramento dos usuários devemos habilitar o autoregistro dos usuários como no exemplo abaixo:
Fazendo essa habilitação deverá aparecer o seguinte botão na sua tela de login .
Ao clicar nesse botão, o usuário irá fazer o seu cadastro e, em seguida, receberá um e-mail para fazer a confirmação dos seus dados.
Outro método usado é o Use um banco de dados externo, que permite que o Moodle busque esses usuários em outra base de dados que pode ser, por exemplo, um sistema acadêmico usado em sua instituição.
Se você irá usar esse Moodle internamente em sua instituição, você poderá fazer a autenticação Use um servidor LDAP, na qual os usuários poderão se logar com o mesmo usuário da rede local.
Existem métodos de autenticação que podem ser adicionados ao seu Moodle:
* métodos úteis como WebService; e
* métodos curiosos como se autenticar usando a conta do gmail.
Concluindo, a decisão da autenticação a ser utilizada tem de ser bem definida no início para que seus usuários sejam configurados corretamente em seu Moodle.